Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]




foto (98).JPG

 

E uma rica sopinha com esta belíssima couve para um dia mais frio, hein?

 

Os cozinheiros cá do sítio têm sempre por perto uma sopinha feita de fresco, com "legumes de verdade" (como nos disseram há um par de dias). A receita desta semana não é nova mas se é deliciosa porque não publicá-la novamente?

 

Ora cá vai, e as quantidades são apenas indicativas:

 

- 2 cebolas, lavadas e peladas, cortadas aos cubos

(ou 1 cebola e a parte branca de um alho-francês miúdo que esteja lá nos fundos do frigorífico quase a estragar-se - às vezes acontece, nós sabemos!)

 

- 2 cenouras grandes, lavas, peladas, cortadas às rodelas

(nesta altura do ano, e com cenouras mesmo frescas e de casquinha tenra e fina - como as nossas - aproveite a casca, onde estão parte das vitaminas, e nada de pelar as senhoras/cenouras)

 

- 100 gramas de abóbora, lavada, descascada e cortada em cubos.

(nada de pevides, sim?)

 

- 1 nabo pequeno ou meia cabeça de nabo

(os legumes não crescem dentro de um calibrador, às vezes há nabos matulões, tão saborosos como os mais baby)

 

- 1 alho francês miúdo, lavado e cortado em rodelas muito finas (do tipo juliana)

 

- 1 couve-coração, lavado e cortado em juliana

(se for muito grande, do tipo de quilo, use só metade)

(se tem crianças pequenas já sabe, nada de troços na sopa senão há um "mãaae, eu nã quero, nã gosto!).

 

E agora? Bom, agora é assim: água numa panela, em lume alto. Se não é profissional das sopas coloque um litro de água e uma colher, das de café, mal cheia, de sal.

 

Quando a água da panela levantar fervura, junte-lhe todos os legumes, excepto os que foram cortados em juliana (o coração e o alho-francês) e passe o lume para médio.

 

Assim que os legumes cozerem triture-os (se cozerem demais perdem nutrientes, não deixe a panela ao lume enquanto vê a novela ou aquele senhor do porto canal a dizer disparates). Junte água (quente!) para acertar a espessura da sopa. E junte (aos legumes, não se deixe enganar pelo enredo!) a juliana de legumes e deixe que cozam, deixe que fiquem bem tenrinhos. Não se esqueça de duas colheres, das de sopa, de azeite virgem-extra (o melhor azeite para os melhores legumes, sempre!) ao mesmo tempo que a juliana, lá para dentro da panela.

 

Gostamos muito desta sopa com pãozinho torrado na hora e perfumada com uns coentros picadinhos. Daqueles que cheiram e sabem mesmo a coentros, sim?

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)



Dona Horta

A Dona Horta é um serviço de entrega de produtos frescos, naturais e saudáveis. Preparamos todas as semanas cabazes de fruta e hortaliças da época e entregamos em locais e horários pré-definidos. Este método único reduz significativamente a pegada ecológica associada à distribuição e promove uma maior aproximação entre consumidores e produtores nacionais. Mas mais importante, a Dona Horta ajuda a melhorar a dieta e bem estar da sua família. Tudo o que precisa de fazer é saborear o melhor da nossa terra, pois nós tratamos do resto! Visite-nos em www.donahorta.pt



Posts mais comentados