Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]




eric-prouzet-D8ZrftlvNDE-unsplash.jpg

 

(Photo by Eric Prouzet on Unsplash)

 

 

Dos vegetais mais versáteis em toda a cozinha porém rejeitado por muitos devido ao seu sabor um pouco mais ácido, a couve-flor é das hortaliças com menor valor energético, cerca de 29 kcal/100g.

 

Quando consumimos 100g deste vegetal, estamos a ingerir:

 

90 g de água;

3,7g de proteína;

3,3g para hidratos de carbono.

 

Rica em vitamina C, K, folatos (ácido fólico e sais minerais) e fibras. Encontraremos quantidades significativas de vitamina B1, B2, niacina e B6.

 

Bastante saciante e de melhor digestão, comparativamente com as outras couves, pelo que pode ser utilizado em caso de gastrite, úlceras e dispepsia. Devido ao seu conteúdo de fibra, auxilia na normalização do trânsito intestinal.

 

Em caso de cardiopatias, hipertensão e arteriosclerose, este vegetal está recomendado graças ao seu reduzido teor em gordura (particamente nulo!) e também à proporção de sódio-potássio. Contém ainda ferro, magnésio, cálcio, zinco e fósforo.

 

Devido ao seu elevado aporte de água, este vegetal torna-se bastante diurético pelo que ajuda a eliminar líquidos e restantes impurezas do organismo e aquelas substâncias de resíduos como a ureia.

 

Aceita o desafio de na próxima semana, consumir couve-flor uma vez por dia?!

 

Sugestões:

  1. Colocar couve flor na base da sopa;
  2. Fazer um estufado vegetariano com couve flor (exemplo: taboulé de couve flor);
  3. Num dos lanches consumir panquecas de couve-flor, em vez de pão;
  4. Substituir o arroz por arroz de couve-flor;
  5. Substituir o puré de batata por puré de couve-flor;
  6. Noutro lanche consumir Muffins de couve-flor e queijo;
  7. Fazer uma pizza, com base de couve flor.

 

Vai ver que não custa muito, tanto na carteira como no paladar.

 

E agora, uma receita de Panquecas de Couve-Flor.

 

Vai precisar de:

1 couve-flor pequena, cortada e cortada em floretes

2 ovos

1/2 chávena de queijo flamengo ralado

2 colheres de sopa de queijo da ilha ralado (Opcional)

1/2 colher de chá de alho em pó

Sal q.b.

Pimenta preta q.b.

Azeite q.b. (apenas para fritar)

 

Faz-se assim:

1. Coloque a couve-flor no processador de alimentos e vá pulsando até que sua textura se assemelhe ao arroz.

2. Numa tigela, misture bem a couve-flor picada, os ovos e o queijo. Tempere com o alho em pó, sal e pimenta.

3. Numa frigideira grande, coloque um pouco de azeite e deixe aquecer um pouco. Coloque um pouco da massa na frigideira e achate-a com as costas de uma colher. Deixe a panqueca frigir até se notar uma crosta acastanhada (são cerca de 5 minutos).

4. Vire com cuidado para o outro lado e frite mais 5 minutos, ou até ficar dourado dos dois lados e resistente o suficiente para tirar a frigideira.

5. O lume deverá estar médio baixo para que se vá cozinhando lentamente. Caso vire a panqueca sem ela estar bem tostada, esta ficar desfeita.

 

Bom apetite!

 

Nota: receita baseada em https://healthyrecipesblogs.com/cauliflower-pancakes/

Autoria e outros dados (tags, etc)



Dona Horta

A Dona Horta é um serviço de entrega de produtos frescos, naturais e saudáveis. Preparamos todas as semanas cabazes de fruta e hortaliças da época e entregamos em locais e horários pré-definidos. Este método único reduz significativamente a pegada ecológica associada à distribuição e promove uma maior aproximação entre consumidores e produtores nacionais. Mas mais importante, a Dona Horta ajuda a melhorar a dieta e bem estar da sua família. Tudo o que precisa de fazer é saborear o melhor da nossa terra, pois nós tratamos do resto! Visite-nos em www.donahorta.pt