Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]




Com a chegada do Natal chegam também as preocupações constantes com a alimentação. Pensamentos como “Vou aumentar de peso”, “Tenho muitos jantares de Natal, nem vale a pena tentar fazer uma alimentação saudável”, “Vou comer, perdido por 100, perdido por 1000” são típicos desta época mas que não podemos deixar que nos condicionem.

table-676533_1280 (2).jpg

 

O primeiro pensamento que devemos ter em mente é que os bons hábitos de saúde (alimentares e de exercício físico) trabalham-se ao longo de todo o ano e não apenas no mês de Dezembro. Se estabelecer os seus objetivos em janeiro e trabalhar para eles ao longo de todo o ano, não são as festas de fim de ano que o vão prejudicar.

 

No entanto, ao longo mês de Dezembro, é sempre possível ter algum controlo e foco nos nossos objetivos. Isto claro, se assim o desejar. É importante perceber que manter o foco ou desviar no mês de Dezembro é uma escolha pessoal e individual de cada um.

 

Pense no seguinte: se fizermos 5 refeições por dia, ao fim do mês de Dezembro fazemos 155 refeições. Se 10 destas refeições forem pontuais (4 refeições das festas e 6 jantares de Natal) isto corresponde a APENAS 6% das refeições. Este valor não é relevante para a alteração dos seus resultados.

 

No entanto, SE FOR ESSA A SUA ESCOLHA, há forma de ter algum controlo no que come nos jantares de Natal, caso o seu objetivo for a redução do peso ou a melhoria da saúde:

- Manter as rotinas diárias e semanais intocáveis: manter uma boa alimentação ao longo do dia e da semana, manter a prática de exercício físico, bem como a ingestão de água.

- Não ir para o jantar com fome: ao longo do dia deve manter a sua ingestão calórica normal, sem fazer qualquer tipo de restrição nas refeições que antecedem o jantar.

- Na escolha das entradas, opte por apenas uma que goste muito. Preferencialmente opte por entradas ricas em proteína (ex: queijo, salada de polvo). Evite a ingestão de pão.

- Opte por um prato mais saudável, preferencialmente de grelhados, com acompanhamento de legumes e uma fonte de hidratos de carbono. Caso tal não seja possível, garante sempre acompanhamento de legumes no prato, o que vai fazer com que controle melhor as quantidades ingeridas, e modere a ingestão de hidratos de carbono.

- Controle a ingestão de bebidas: se optar por álcool, alterne 1 copo de vinho com 1 copo de água; se optar por refrigerantes, escolha coca-cola zero ou água das pedras/frize de sabores; a melhor opção é a água, podendo sempre aromatizar com gelo e limão.

- Na sobremesa, se escolher comer um doce, opte por dividir uma dose com outra pessoa. O mais acertado é escolher fruta como sobremesa.

- Ao longo de toda a refeição, mastigue bem a comida, de forma calma, aproveitando e saboreando a comida e aproveitando o convívio.

- No dia seguinte, volte à rotina normal do seu dia-a-dia, sem compensações ou restrições.

 

No que diz respeito aos dias das Festas (Véspera e Dia de Natal, Véspera e Dia de Ano Novo), tenho apenas 3 dicas simples para si.

  1. Mantenha a sua rotina diária nestes dias, exceto nas refeições festivas. Coma todas as refeições de forma saudável e equilibrada e não faça restrições exageradas.
  2. Mantenha a prática de exercício físico e a ingestão de água.
  3. Aproveite e desfrute destes dias com a sua família e amigos.

 

Como vê, as Festas de fim de ano não precisam de ser encaradas com medo ou desespero. Devem ser encaradas com paz, tranquilidade e muito respeito, por si e pelas tradições. No dia seguinte volta à sua rotina normal e tudo vai correr bem!

 

Desde já desejo-lhe um Feliz Natal e um Próspero Ano Novo!

 

Que 2024 seja recheado de sonhos concretizados, valorização e muita alegria!

 

Um grande beijinho natalício da sua Nutricionista.

 

Até ao próximo artigo!

 

 

Captura de ecrã 2023-06-21, às 17.24.19 (3).png

 

Ana Braga (Nutricionista CP 4196N)

Email: anabraga423@gmail.com

Instagram: @anabraga_nutricionista

 

Autoria e outros dados (tags, etc)



Dona Horta

A Dona Horta é um serviço de entrega de produtos frescos, naturais e saudáveis. Preparamos todas as semanas cabazes de fruta e hortaliças da época e entregamos em locais e horários pré-definidos. Este método único reduz significativamente a pegada ecológica associada à distribuição e promove uma maior aproximação entre consumidores e produtores nacionais. Mas mais importante, a Dona Horta ajuda a melhorar a dieta e bem estar da sua família. Tudo o que precisa de fazer é saborear o melhor da nossa terra, pois nós tratamos do resto! Visite-nos em www.donahorta.pt