Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]




marmelos.jpg

Pelo Oeste, não há pomar que se preze que não tenha por perto um (vários!) marmeleiro(s). Diz que é para os enxertos.

 

Deixemos isso para quem entende - que vão ter de nos explicar tim-tim por tim-tim um destes dias - e vamos ao principal: está a chegar - ainda que lentamente, o frio - e é preciso (pelo menos dantes era assim) tratar de uns mantimentos para o Inverno.

 

Antigamente, em Setembro, preparava-se a despensa: em lume brando, a lenha, as nossas avós e tias tratavam do doce de tomate (encarnadinho, de sequeiro), da marmelada para o paposeco da manhã e da geleia de marmelo, que comíamos, a toda a hora, à colher e até se nos fecharem os olhos de tanto regalo.

 

Se calhar não era má ideia retomarmos estes costumes outra vez...

Autoria e outros dados (tags, etc)


Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.



Dona Horta

A Dona Horta é um serviço de entrega de produtos frescos, naturais e saudáveis. Preparamos todas as semanas cabazes de fruta e hortaliças da época e entregamos em locais e horários pré-definidos. Este método único reduz significativamente a pegada ecológica associada à distribuição e promove uma maior aproximação entre consumidores e produtores nacionais. Mas mais importante, a Dona Horta ajuda a melhorar a dieta e bem estar da sua família. Tudo o que precisa de fazer é saborear o melhor da nossa terra, pois nós tratamos do resto! Visite-nos em www.donahorta.pt