Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]




Antes de mais, FELIZ 2024! Espero que este ano seja de realização pessoal e profissional, sempre com muito amor, paz e saúde.

Começa um novo ano e com ele chegam as tradicionais resoluções de Ano Novo. É comum a “perda de peso” estar entre estas resoluções, mas muitas vezes esta resolução acaba por não ser concluída, criando mais um ano de frustração.

pexels-wallsio-19387254.jpg

Mas então, o que fazer para melhorarmos a concretização desta resolução?

 

Vamos começar com os chamados “babysteps” (pequenos passos):

- Começa por traçar objetivos realistas e específicos: perder peso é um objetivo ambíguo. Devemos definir exatamente o queremos, como o queremos fazer e com consciência das nossas limitações. Por exemplo: “Quero melhorar a minha alimentação, aprender a comer melhor, e no processo, melhorar a minha forma física na zona abdominal. Para conseguir isso vou hoje marcar uma consulta com uma nutricionista com a qual me identifico”

- Começa com calma: não tenhas pressa, leva o teu tempo a implementar os teus hábitos. Aprende a respeitar o teu tempo e o tempo que o teu corpo precisa para mudar e se adaptar a novas situações.

- Faz mudanças pequenas e consistentes: as pequenas mudanças fazem toda a diferença. Substituir lacticínios meio gordos por magros, reduzir a quantidade de azeite que colocamos no prato ou substituir os refrigerantes pela água às refeições principais são pequenos passos para o sucesso e que não custam nada a implementar. Depois é só termos consistência nestes pequenos hábitos e implementá-los sempre que possível.

- Não queiras mudar tudo de uma vez, começa pelas coisas mais fáceis para ti: se para ti é mais fácil começar por introduzir sopa às refeições em vez de teres legumes no prato, então é mesmo pela sopa que deves começar. Começar pelo mais fácil permite sentirmo-nos motivados para continuar e manter este hábito consistente ao longo do tempo.

- Faz alterações do meio envolvente: faz algumas alterações na tua casa de forma que as opções saudáveis estejam mais visíveis e sejam de mais fácil acesso. Assim terás maior tendência a optar por um alimento mais saudável em substituição de um menos interessante.

- Valoriza cada conquista: este é talvez o ponto mais importante de todos. A valorização das pequenas conquistas é muito importante e crucial para o processo de mudança. Deves valorizar o facto de comeres 2 peças de fruta por dia em vez de te penalizares porque hoje não te apeteceu comer fruta e optaste por um quadrado de chocolate.

- Não te sintas culpado/a: Se houver momentos de deslizes (que vão existir!) não te sintas culpado, não desmotives ou desistas de todo o processo. Esses momentos são normais e necessários. É a vida a acontecer e temos apenas que aceitar e lidar com esses momentos da melhor forma que conseguirmos.

 

Como vês, o processo de mudança é complexo e demora tempo, por isso, se queres que o mesmo seja sustentável, tem paciência e acima de tudo sê consistente.

 

Ouve o teu corpo, as suas necessidades, não te compares com terceiros, e acima de tudo, toma o teu tempo e respeita o teu corpo (e a tua mente)!

E sê feliz em todo o processo!

 

Até ao próximo artigo!

 

Captura de ecrã 2023-06-21, às 17.24.19 (2).png 

Ana Braga (Nutricionista CP 4196N)

Email: anabraga423@gmail.com

Instagram: @anabraga_nutricionista

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)



Dona Horta

A Dona Horta é um serviço de entrega de produtos frescos, naturais e saudáveis. Preparamos todas as semanas cabazes de fruta e hortaliças da época e entregamos em locais e horários pré-definidos. Este método único reduz significativamente a pegada ecológica associada à distribuição e promove uma maior aproximação entre consumidores e produtores nacionais. Mas mais importante, a Dona Horta ajuda a melhorar a dieta e bem estar da sua família. Tudo o que precisa de fazer é saborear o melhor da nossa terra, pois nós tratamos do resto! Visite-nos em www.donahorta.pt