Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Também conhecida por bacalã, a couve-coração, ao nível da produção, e a seguir aos brócolos (no Verão), é a que mais dor de cabeça nos dá. Basta que nos descuidemos um nadinha com a rega e vai que se enchem de todas as pragas e mais algumas. É, portanto, das plantações mais exigentes e desafiantes nesta altura do campeonato e é também por isso que nos dá um gozo enorme ter destas couves, com imensa qualidade, de produção sustentável e rigorosa, disponíveis quer no cabaz quer para encomenda extra cabaz.

 

Se há quem a prefira para o belo do cozido, outros não a podem nem ver à frente. Ou não podiam. Porque depois provaram cá disto e, bom... Bom!

 

Ingredientes:

1 unidade de couve-coração pequena. Como estamos no Verão metade de um bacalã chega porque elas, a esta altura do campeonato, costumam ser assim primas do Gulliver;

meia unidade de couve-roxa (metade do volume da couve-coração é suficiente a menos que seja louco/a por pantones à mesa);

1 cenoura fresca (e grandalhona) com casca;

2 maçãs das fuji ou das royal gala, descaroçadas, com a casca;

1 unidade de limão, até pode ser feioso, mas tem de ser cheiroso;

azeite, sal e pimenta (uma qualquer) moída na ocasião;

maionese, de preferência caseirinha.

 

Vamos começar pelo fim, pela maionese, porque se sair mal dá tempo de mandar uma alma penada num instante à mercearia, não é?

1 ovo à temperatura ambiente;

sal e pimenta;

sumo de meio limão (outro limão, não aquele ali em cima);

170 ml de óleo (sim, sabemos que o azeite é mais saudável, mas fazer o quê se assim nos sai sempre bem?)

Colocar os primeiros quatro ingredientes, nessa ordem, num copo alto onde se possa enfiar uma varinha mágica. Adicionar o óleo (o quinto ingrediente) suavemente e em fio. Colocar a varinha mágica no fundo e accionar. 20-30 segundos e já está! 

 

Agora emparelhe-se a salada:

Corte-se o coração em juliana, lave-se e escorra-se;

Corte-se a couve-roxa em juliana, lave-se e escorra-se;

Pique-se de uma só vez a cenoura e as maçãs, bem picadinhas;

Misture-se tudo e regue-se com o sumo do limão, com um bocadinho de azeite e tempere-se com sal e pimenta.

No fim junta-se a maionese, prova-se, aprova-se, some-se tudo assim sem se dar por ela e depois faz-se tudo outra vez porque esta salada é verdadeiramente irresistível. 

 

salada de couve-coração.jpg

Receita amplamente partilhada com os nossos clientes desde 2012. A foto é nossa, mas mandem-nos as vossas para podermos partilhar nas nossas redes (e regalar-nos por vos conseguirmos fazer um nadinha mais felizes!).

 

Até breve!

 

Dona Horta Dream Team.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)


Dona Horta

A Dona Horta é um serviço de entrega de produtos frescos, naturais e saudáveis. Preparamos todas as semanas cabazes de fruta e hortaliças da época e entregamos em locais e horários pré-definidos. Este método único reduz significativamente a pegada ecológica associada à distribuição e promove uma maior aproximação entre consumidores e produtores nacionais. Mas mais importante, a Dona Horta ajuda a melhorar a dieta e bem estar da sua família. Tudo o que precisa de fazer é saborear o melhor da nossa terra, pois nós tratamos do resto! Visite-nos em www.donahorta.pt